Pesquisar
Close this search box.

Tendências de trabalho: o que esperar para os próximos anos

Tendências de trabalho: o que esperar para os próximos anos

Não dá para falar em tendências de trabalho sem falar de tecnologia, já que ela é uma força de trabalho crescente e poderosa, capaz tornar as empresas mais competitivas e eficientes. 

No entanto, é importante que gestores e profissionais estejam preparados para as mudanças e desafios que ela traz. É sobre isso que o artigo da semana reflete. Boa leitura!

Quais as grandes mudanças no futuro do trabalho

O futuro do trabalho é um tema recorrente na ficção, mas acredito que a realidade não é tão assustadora quanto se especula. 

Contudo, é preciso uma ressalva, a força de trabalho humana precisa se preparar para coexistir com a tecnologia, caso contrário, as consequências para os profissionais podem ser preocupantes. Por isso é de grande importância que as empresas aprendam a preparar, capacitar, treinar e nivelar o conhecimento de suas equipes.

1.Tendência de trabalho híbrido

O trabalho híbrido, que combina o trabalho presencial com o remoto, vem se consolidando após a pandemia de COVID-19. Essa nova forma de desempenhar uma função oferece uma série de benefícios tanto para empresa, quanto para funcionários, mas também representa alguns desafios.

Prós

Flexibilidade: permite aos colaboradores mais flexibilidade para escolher onde e quando trabalhar, o que pode ajudar a melhorar o equilíbrio entre vida profissional e pessoal.

Produtividade: estudos mostram que funcionários que trabalham em um modelo híbrido podem ser mais produtivos do que aqueles que desempenham atividade apenas no escritório ou em casa.

Redução de custos: essa tendência de trabalho pode ajudar as empresas a reduzir custos com espaço de escritório, transporte e outros gastos.

Contras

Dificuldade de comunicação: dividir o tempo entre casa e escritório pode prejudicar a comunicação do time, se a empresa não se preparar para isso.

Isolamento social: apesar de ser menos comum do que no trabalho 100% remoto, um modelo híbrido pode desencadear uma situação de isolamento social.

Dificuldade de gestão: por ser uma coisa relativamente nova, os gestores podem sentir dificuldades e manter a produtividade dos colaboradores e o alinhamento das equipes. 

2. A tecnologia como força de trabalho

Com os avanços tecnológicos e as inteligências artificiais estão surgindo novas ocupações, já que a automação de tarefas, como o atendimento por chat bots, vem vem ganhando cada vez mais espaço.

Um bom exemplo é o WhatsApp Business, que  ajuda a melhorar a produtividade, ao mesmo tempo que permite à empresa criar estratégias próprias e voltadas para um público específico.

3. As habilidades são mais importantes do que nunca

Claro que todo esse avanço demanda profissionais com conhecimento de software e hardware. Contudo, há setores que  também precisam de pessoas com outras habilidades, como pensamento crítico, capacidade para resolução de problemas e comunicação.

As empresas precisam entender que investir em capacitação, treinamento e preparo para o uso da tecnologia e meios digitais é a melhor maneira de criar uma marca forte e atingir a maturidade digital.

As tendências de trabalho não estão relacionadas apenas às profissões técnicas, mas, sobretudo, ao desenvolvimento e adequação das pessoas aos avanços tecnológicos, fato que será determinante para o sucesso tanto das empresas como das carreiras.

Convido você a compartilhar esse artigo para que a gente nunca desista de investir no ser humano.

Com amor, Raquel 🧡

Receba dicas e conteúdos

Receba dicas e conteúdos