Pesquisar
Close this search box.

Acesso digital e e-commerce crescem entre público 60+ no Brasil

Acesso digital e e-commerce crescem entre público 60+ no Brasil

A reclusão imposta pela pandemia levou o público 60+ a intensificar sua presença na internet e, como consequência, mudar seus hábitos de consumo. Um destaque vai para o e-commerce, que em 2020 teve um aumento de quase 60% em relação ao ano de 2019, segundo informação da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico.

A expectativa é que esses números cresçam ainda mais até 2025. Mas, com o aumento do acesso digital, será que as empresas estão preparadas para realizar um bom atendimento ao cliente? Que tal buscarmos a resposta juntos? 

O e-commerce faz parte da sua vida?

Dificilmente vamos encontrar alguém que use “não” como resposta a essa pergunta. A grande questão aqui é o quanto o e-commerce está presente no dia a dia de cada um. 

Se para o público mais jovem esse é um serviço que já está completamente estabelecido, para pessoas 60+ ele vem se tornando cada vez mais a primeira opção de compra.

Com o crescimento e a migração do segmento de comércio para o meio digital, a forma de atendimento ao cliente também vem passando por mudanças. Afinal, um novo ambiente exige uma nova abordagem e, como toda inovação, essa outra realidade vem cheia de desafios e oportunidades.

Como vender e gerar fidelidade no meio digital?

Não há dúvida de que utilizar as redes sociais e investir em um e-commerce bem estruturado são essenciais para atingir seu público. 

Contudo, o esforço direcionado à criação de um bom serviço de atendimento ao cliente (SAC) fortalece o contato com os consumidores, reforçando a percepção de sua importância para a empresa, ainda mais quando falamos de um público acostumado a ser atendido por pessoas. Portanto:

  • invista na jornada do cliente;
  • capacite seu pessoal para a excelência no atendimento;
  • aposte em uma consultoria digital.

Por que o WhatsApp ajuda a otimizar a interação digital com o cliente?

Em uma pesquisa elaborada pela empresa de consultoria Elife, mais de 70% dos entrevistados afirmaram que preferem que o contato de retorno de uma empresa seja feito pelo WhatsApp.

Tanto no e-commerce como na prestação de serviços, o uso do WhatsApp facilita a continuidade do atendimento ao cliente e evita a angústia de permanecer em uma longa fila de espera, quando, em muitos casos, a dúvida poderia ser sanada por um atendimento automatizado. 

Outra vantagem do uso do WhatsApp é a possibilidade de comunicação assíncrona, ou seja, não é necessário que cliente e atendente estejam online ao mesmo tempo. 

Um bom exemplo é quando uma clínica envia uma mensagem de confirmação de consulta para um paciente. Ele não precisa, necessariamente, responder no mesmo instante, mas já foi lembrado de seu horário e poderá confirmar quando quiser.

O potencial de crescimento do mercado consumidor de e-commerce é gigante, principalmente no segmento 60+, que ainda está se acostumando com o ambiente digital.

Depois de todas essas informações eu pergunto: sua empresa está se preparando para atendê-lo? Como ela tem feito isso? Deixe um comentário contando para mim.

Com amor, Raquel 🧡

Receba dicas e conteúdos

Receba dicas e conteúdos

Posts relacionados - Blog Raquel Antoniette